Em Lisboa: Taberna da Rua das Flores e Landeau Chocolate

_MG_2748

Em Portugal, tascas são restaurantes simples, sem frescuras, que servem pratos típicos ou petiscos. Elas costumavam ter uma conotação meio negativa até tempos atrás. No entanto, de alguns anos para cá, as tascas têm passado por uma repaginada e viraram o lugar giro* da hora. Normalmente, nelas você come bem e paga relativamente pouco. Há muitas em Lisboa. Minha preferida é a pequena e notável ‘Taberna da Rua das Flores’. O lugar é uma graça, mas minúsculo. O cardápio do almoço é bastante reduzido e varia todos os dias. À noite, ele é maior. Não aceitam reservas e costuma haver filas. Mas vale a espera porque os pratos são de comer de joelhos, agradecendo aos céus.

*Giro(a) é um daqueles adjetivos que podem significar um montão de coisas, entre elas: bonito(a), legal, bacana, maneiro(a), descolado(a), etc. e que são usados nas mais diversas situações. É giro? Então, beleza!

Rua das Flores, 103 – Lisboa (tel: +351 21 347 9418)

_MG_2964

_MG_2970

IMG_2956

Se sobrou espaço para sobremesa – e ela pode ser bolo de chocolate – basta descer a rua alguns metros e, do lado esquerdo, você vai achar a ‘Landeau Chocolate’. É só isso mesmo que eles servem: um delicioso bolo de chocolate, chocolate quente, café, chá e pouca coisa mais. A ‘Landeau’ fica no térreo de um pequeno prédio antigo que foi renovado recentemente. Séculos atrás, era no térreo das casas e edifícios que ficavam as estrebarias. A chocolateria faz referência ao seu passado com algumas esculturas de cavalos expostas na decoração (linda, por sinal). O teto do lugar é original pombalino. Mas, de volta ao bolo de chocolate, ah, aquele bolo é muito bom…

Rua das Flores, 70 – Lisboa

www.landeau.pt

(Obrigada, Bianca!)

Uma curiosidade: a rua das Flores é mencionada com frequência no romance ‘Os Maias’, de Eça de Queiroz. Carlos e seus amigos a sobem e a descem diversas vezes no decorrer da história. 🙂

_MG_2973

_MG_2974

_MG_2976